Isabella Pesenato

Que cuidados devemos ter ao adquirir um animal de estimação? Antes de adquirir um animal devemos nos perguntar se temos um local grande o suficiente para o animal expressar seu comportamento natural, se teremos tempo para dar atenção ao mesmo e se teremos condições financeiras de manter a saúde daquele animal com visitas recorrentes ao médico veterinário, caso todas as respostas para essas perguntas sejam positivas, após adotar ou adquirir seu animalzinho a melhor coisa a se fazer é procurar orientação do médico veterinário, pois cada espécie apresenta particularidades de manejo e quando tudo é feito corretamente muitas doenças podem ser evitadas.

Quais são os exames mais incomuns na medicina? Existem muitos exames que não fazem parte da nossa rotina do dia a dia, principalmente por serem mais caros ou difíceis de realizar a coleta, mas o exame que realizei apenas uma vez na minha rotina foi o de análise de liquor para pesquisa do vírus da cinomose. A cinomose é uma doença viral que acomete cães e normalmente utilizamos o exame de urina para verificar se o animal é positivo ou não, porém nesse caso o resultado voltou inconclusivo, então sedamos o animal e coletamos o líquor do mesmo para análise, sendo que o local de coleta é na base do crânio do animal, onde inserimos um cateter e aguardamos o liquido para coleta.

Para uma pessoa ingressar na faculdade de medicina veterinária ela precisa também se especializar em cirurgia? Todo veterinário também é cirurgião ou não necessariamente? Não necessariamente, mas saiba que durante a graduação obrigatoriamente existem as disciplinas de técnica cirúrgica e patologia cirúrgica, pois são abordadas as principais áreas dentro da faculdade para dar um embasamento ao aluno. Após a formação você pode optar por uma área onde não seja necessário realizar cirurgias, assim como eu fiz!

Os veterinários também podem atuar em descobertas, por exemplo: Vacinas? Com certeza, o Instituto Butantã é um dos exemplos onde várias vacinas e soros são produzidos, como o soro antiofídico e lá trabalham muitos médicos veterinários, além de biólogos, biomédicos, médicos e outros profissionais da área da saúde.

Qual foi a reação da sua família quando soube que a senhora queria ser cientista? Com que idade a senhora percebeu que queria ser cientista? Como você descobriu a área da ciência que queria participar? Todos ficaram muito contentes, porém ao mesmo tempo me alertaram que não era um caminho fácil, mas em nenhum momento ninguém me desestimulou a seguir esse caminho. Acredito que desde pequena sempre muito questionadora quanto a todas as coisas e pesquisava ao máximo para conseguir as respostas para os meus questionamentos. No segundo ano da graduação fui apresentada a disciplina de Parasitologia Veterinária e me encantei no mesmo momento, achei muito incrível estudar os ciclos de vida e como os parasitas causavam uma doença, depois disso nenhuma outra área chamou tanto a minha atenção como essa!